15 de outubro de 2013

Cria no apê

Apesar de morarmos “nas alturas”, nosso apartamento tem horas que mais parece uma casa com quintal (vontade dos moradores em ter um quintal, não falta).

Por aqui aparecem joaninhas, lagartixas, morcegos, beija-flores... A campeã de visitas é a Maria Fedida (nezara viridula). Tão a vontade se sente esta visitante que vira e mexe faz um ninho em algum canto.

O local escolhido desta vez foi a janela da varanda.
Acompanhamos o nascimento da “ninhada” de dentro da sala.
Primeiro vieram os ovinhos colocados bem juntinhos (que não fotografei): a Maria Fedida botou todos e saiu voando.
Eles ficaram lá, bem grudados e imóveis.
Depois de algum tempo as filhotinhas saíram dos ovos e ficaram por uns dias pertinho deles:



De repente, de um dia para o outro (mesmo!) elas mudaram de cor, cresceram e saíram pelo mundo:



Dá para ver a “pele” antiga transparente aí em cima, à esquerda  da foto?
Mudança a olhos vistos: uma metamorfose incompleta (ou simples, que acontece quando a larva ou ninfa já se parece com o adulto).

E nós acompanhando tudo, de camarote.
Como não é todo dia que dá para acompanhar um bicho dando cria por aqui, o interesse foi grande. E filhotes recém nascidos são sempre fofos – até mesmo os de Maria Fedida.

6 comentários:

  1. Que experiência incrível! Nunca tinha visto as marias fedidas dando cria!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por aqui sempre tem uns bichinhos, parece que a gente atrai. :o)

      Excluir
  2. Olá! Que bacana achar seu post sobre os filhotes de percevejo, pois tb estou tendo a mesma experiência aqui no meu apto! 😄 Com o seu post... Descobri que eles vão passar por metamorfose! Muito legal! Vou aguadar ansiosa por essa fase! 😄 estou colocando fotos no meu instagram: https://www.instagram.com/p/BOwrqa0gBdg/

    ResponderExcluir
  3. Achei um ninho desses no meu ventilador... e tb alguns adultos no meu vestido!
    Gostaria de saber o que eles trazem de problema como doença, ou estragam alguma coisa? Sei que elas gostam de plantas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, segundo o que pesquisei sobre esses bichinhos, elas não transmitem doenças para nós. Meus filhos costumam deixar que subam nas suas mãos -- nunca tivemos problema. Mas não sou especialista no assunto.;-)

      Excluir

Passarinhe! :o)